Órgão vinculado à Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável  
Fepam
    Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler - RS   




 

 





Agendamento de Atendimento

Agendamento de Atendimento

Balneabilidade 2016-17

Diretrizes para Licenciamento de Hidrelétricas (CGHs e PCHs)

Zoneamento Ecológico-Econômico







REGIÃO HIDROGRÁFICA DO URUGUAI

A Região Hidrográfica do Uruguai abrange a porção norte, noroeste e oeste do território sul-rio-grandense, com uma área de aproximadamente 127.031,13 km², equivalente a 47,88% da área do Estado. Sua população total está estimada em 2416.404 habitantes, que equivale a 23,73% da população do Estado, distribuídos em 286 municípios, com uma densidade demográfica em torno de 19,02 hab./km².

Essa Região está subdividida em dez unidades hidrográficas: Apuaê-Inhandava (U-10), Passo Fundo (U-20), Turvo-Santa Rosa-Santo Cristo (U-30), Butuí-Piratinim-Icamaquâ (U-40), Ibicuí (U-50), Quarai (U-60), Santa Maria (U-70), Negro (U-80), Ijuí (U-90) e Várzea (U-100).

As principais atividades econômicas desenvolvidas estão relacionadas com a agricultura e a pecuária, notabilizando-se pelas culturas de arroz irrigado, na bacia hidrográfica dos rios Butuí-Piratinim-Icamaquã, Santa Maria, Ibicuí e Quaraí, e soja e milho nas dos rios Ijuí, Turvo-Santa Rosa-Santo Cristo, Passo Fundo, Várzea e Apuaê-Inhandava. Destaca-se, também, o uso dos recursos hídricos para a geração de energia, nas unidades hidrográficas: U-10, U-20, U-30, U-90 e U-100.

Como principais problemas ambientais da região, citam-se:

? Descarga de esgotos sem tratamento nos corpos hídricos;
? Elevadas cargas de efluentes de dejetos de aves e suínos e de efluentes industriais sem tratamento;
? Atividade agrícola sem utilização de práticas de conservação dos solos;
? Uso indiscriminado de agrotóxicos;
? Graves processos erosivos, assoreamento dos mananciais hídricos e contaminação por agrotóxicos;
? Perfuração de poços profundos, sem pesquisa, sem licenciamento e sem a avaliação do potencial dos aqüíferos;
? Desmatamento intenso, principalmente ao longo dos cursos d´água (matas ciliares);
? Significativa retirada de água para irrigação de arroz (conflito com outros usos de água);
? Desequilíbrio natural pela drenagem das zonas úmidas;
? Processo intenso de arenização (ravinamento, voçorocas, pecuária extensiva (pisoteamento) e compactação dos solos;
? Disposição inadequada de resíduos sólidos urbanos, a maioria dos municípios não têm aterros sanitários;
? Problemas relacionados com a mineração;

Fonte: Relatório Anual sobre a situação dos Recursos Hídricos no Estado do Rio Grande do Sul (
www.sema.rs.gov.br).

Links relacionados:


www.sema.rs.gov.br
www.ana.gov.br
www.aneel.gov.br
http://pnrh.cnrh-srh.gov.br/




Bacia dos Rios Apuaê / Inhandava Bacia do Rio Passo Fundo Bacia do Rio Várzea Bacia dos Rios Turvo / Santa Rosa / Santo Cristo Bacia do Rio Ijuí Bacia dos Rios Butuí / Piratinim / Icamaquã Bacia do Rio Ibicuí Bacia do Rio Quaraí Bacia do Rio Santa Maria Bacia do Rio Negro

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

  U10 - Bacia dos Rios Apuaê / Inhandava
  U20 - Bacia do Rio Passo Fundo
  U30 - Bacia dos Rios Turvo / Santa Rosa / Santo Cristo
  U40 - Bacia dos Rios Butuí / Piratinim / Icamaquã
  U50 - Bacia do Rio Ibicuí
  U60 - Bacia do Rio Quaraí
  U70 - Bacia do Rio Santa Maria
  U80 - Bacia do Rio Negro
  U90 - Bacia do Rio Ijuí
  U100 - Bacia do Rio Várzea


FEPAM - Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler
Proteja o Meio Ambiente. Você também é parte dele.
Av. Borges de Medeiros 261 – 90020-021 - Porto Alegre – RS
Central de Atendimento: 3288.9444 – 3288.9544 – 3288.9451
Horário da Central de Atendimento: 09:00-12:00 / 14:00-17:00
2002 - 2017 © Copyright - Todos os direitos reservados.